Por: Sportclick News em Atletismo • 15/07/2022


Mundial do Oregon - O brasiliense Caio Bonfim terminou em sexto lugar na prova dos 20 km da marcha atlética do Campeonato Mundial de Atletismo do Oregon, nesta sexta-feira (15/7), primeiro dia do evento, que termina no dia 24. Foi o melhor resultado da etapa de abertura entre os brasileiros. Ele completou as 20 voltas no circuito de 1 km montado próximo ao Estádio Autzen, que faz parte do complexo esportivo da Universidade do Oregon, em 1:19:51.

O SporTV transmite a competição. Os fãs também podem acompanhar notícias e mais do Brasil no Mundial no site e nas redes sociais da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). 

“São seis participações em Mundiais em três fiquei entre os finalistas e nas outras ou fui desclassificado ou fiquei no pit lane. Então chegar entre os melhores do mundo é difícil, se manter entre os melhores é mais ainda. Fico feliz depois de Tóquio, quando não fiz um bom final de prova e fiquei atrás, voltar a ficar em sexto é bom”, comentou.

“Achei que alguém estava fazendo loucura e eu estava em décimo. Decidi manter o meu ritmo e ir até o final. Passei 40:30 nos primeiros 10 quilômetros, o que daria 1:20, tempo do quarto lugar na Olimpíada”, continuou. “Foi um grande dia. Eu tenho os 35 km daqui a nove dias, é virar a chave, trabalhar e vamos para cima, sabendo que a preparação foi boa e estou bem”, declarou para o SporTV.

Caio Bonfim, ganhador da medalha de bronze nos 20 km do Mundial de Londres-2017, fez uma excelente preparação para o Mundial. Fez um camping na cidade norte-americana de Flagstaff, no Arizona, que fica a mais de 2.000 m de altitude. Antes do Mundial ganhou ouro em Podebrady, República Checa, no dia 2 de abril, prata em Rio Maior, Portugal, dia 7 de maio e bronze em La Coruña , Espanha, três dos principais GPs do mundo.

Os japoneses Toshikazu Yamanishi (1:19:07) e Koki Ikeda (1:19:14) ficaram com o ouro e a prata, seguido do sueco Perseus Karlstrom (1:19:18). O tempo de Yamanishi de 1:19:07 é o 10º melhor desempenho no Campeonato Mundial.

Na prova feminina dos 20 km, também disputada num circuito perto ao Estádio Autzen, que faz parte do complexo esportivo da Universidade do Oregon, a carioca Viviane Lyra ficou em 17º lugar, com 1:33:11. O pódio foi formado com a peruana Kimberly Garcia (1:26:58), a polonesa Katarzyna Zdziebto (1:27:31) e a chinesa Shijie Qieyang (1:27:56).

No 4x400 m misto, o Brasil terminou em sexto lugar na série 2 e não avançou para a final. Douglas Hernandes Mendes, Tiffani Marinho, Vitor Hugo de Miranda e Tabata de Carvalho completaram a prova em 3:18.19, o melhor tempo do Brasil da temporada. A equipe dos Estados Unidos obteve a melhor marca das eliminatórias, com 3:11.75, com Elija Godwin, Kennedy Simon, Vernon Norwood e Wadeline Jonathas.

No salto em altura, Thiago Moura também não avançou para a final. Ele ficou em 10º lugar no grupo B e em 18º no geral, com 2,25 m. Os 11 primeiros colocados passaram com 2,28 m. Thiago fez três tentativas em 2,28 m, mas não superou a altura.

Allan Wolski terminou em 14º lugar no grupo da qualificação do lançamento do martelo e em 26º na classificação geral e não passou para a final, com 71,27 m. O melhor resultado foi obtido pelo polonês Pawel Fajdek, com 80,09 m.

No feminino, Mariana Marcelino também não passou. Ela terminou em 15º no grupo B da qualificação e em 29º no geral, com 64,72 m. A norte-americana Janne Kassanavoid conseguiu o melhor resultado do dia, com 74,46 m.

Neste sábado (16/7), no segundo dia da competição, está prevista a estreia de Alison Santos, o Piu, um dos destaques da seleção, nos 400 m com barreiras, entre outros atletas. Primeiro colocado no ranking mundial, com 46.80, marca obtida no dia 30 de junho, na etapa da Liga Diamante de Estocolmo, na Suécia. Medalha de bronze na Olimpíada de Tóquio-2021, Alison está entre os favoritos da competição.

Informações sobre o Mundial estão disponíveis no site do evento: CLIQUE AQUI

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro para a entidade gestora do esporte e os atletas brasileiros, oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte, e apoio às competições.

Assessoria de Comunicação: Heleni Felippe - helenifelippe@cbat.org.br - (11) 99114-1893 e (11) 99142-2951; João Pedro Nunes - joaonunes@cbat.org.br - (11) 99158-8337 e Maiara Dias Batista - maiara@cbat.org.br - (11) 99127-2369.


Posts relacionados

Atletismo, por Sportclick News

EUA recebem o primeiro Mundial ao ar livre em cenário emblemático

O Brasil terá 58 atletas na competição, que será disputada de sexta-feira ao dia 24 de julho, no Estádio Hayward Field, em Eugene, o principal palco da competição que terá também provas de rua, em circuitos, como as maratonas e as marchas atléticas

Atletismo, por Sportclick News

Vitória Rosa passa às semifinais dos 200 m no Mundial do Oregon

O destaque desta terça-feira, porém, é a final dos 400 m com barreiras, onde Alison dos Santos, invicto em 2022 na prova, está entre os favoritos para o pódio e pode conquistar a primeira medalha do Brasil na competição

Atletismo, por Sportclick News

Brasil inicia participação no Mundial do Oregon de

Com 20 atletas no primeiro dia de competição (15/7), que prossegue até o dia 24, a seleção brasileira busca bons resultados. Estão previstas três finais: 20 km marcha feminino e masculino e o revezamento 4x400 m misto

Atletismo, por Sportclick News

Liderado por Alison dos Santos, Brasil vai ao Mundial de Atletismo com boas chances

Além de Piu, Darlan Romani e Thiago Braz possuem boas chances de medalhas; Brasil pode igualar melhor campanha no Mundial de Atletismo.

Atletismo, por Sportclick News

Alison brilha e conquista o ouro nos 400 m com barreiras

Numa temporada excepcional, o brasileiro venceu a prova do Mundial do Oregon, com o excelente tempo de 46.29, novo recorde sul-americano e do campeonato e a melhor marca do ano, no Estádio Hayward Field, em Eugene; foi o segundo ouro e a 14ª medalha do Brasil na história da competição