Por: Sportclick News em Atletismo • 17/07/2022


Os velocistas brasileiros não conseguiram passar para a final dos 100 m do Campeonato Mundial de Atletismo do Oregon, na noite deste sábado (16/7), no Estádio Hayward Field de Eugene, Oregon, Estados Unidos. Com isso, o objetivo agora se volta para o revezamento 4x100 m, que será disputado a partir de sexta-feira (22/7), com transmissão diária do SporTV.

Os Estados Unidos ficaram com o ouro, a prata e o bronze na prova mais rápida do atletismo. Fred Kerley venceu os 100 m (-0.1) com 9.86, seguido por Marvin Bracy, com 9.88, e Trayvon Brumell, com 9.88. 

“A semifinal de um Mundial é complicada, vai afunilando e fica um pouco mais difícil - os tempos não foram tão bons. Não fiz uma boa corrida, corri um pouco torto, não foi o que eu queria, mas saio inteiro e agora é trabalhar pelo revezamento”, comentou Rodrigo do Nascimento, que terminou em sétimo lugar na série 1, com 10.19 (0.3).

Já Erik Cardoso ficou em sexto lugar na terceira série, com 10.15 (-0.1). “Corri várias vezes na casa dos 10.15 este ano, tenho mantido uma constância muito boa e que agora é pensar no revezamento. Sempre quero mais, uma marca melhor. Tenho de trabalhar mais forte e aproveitar experiência de ver os erros e os acertos”, disse Erik, que sentiu a mudança de tempo em Eugene, que esfriou em relação aos dias anteriores.

Vitória Rosa também não conseguiu reeditar suas melhores atuações deste ano nas eliminatórias dos 100 m. Ela terminou em quinto lugar na série 5, com 11.20 (1.2). “A marca de 11.05, o melhor tempo que fiz este ano, não veio, mas mantive a consistência que venho tendo nos tiros, fazendo na casa dos 11.20. Esse foi um ano muito bom pra mim em vários aspectos. Estou feliz com minha participação”, comentou. “Eu fiz o meu melhor.”

A britânica Dina Asher-Smith obteve o melhor tempo do dia, com 10.84 (1.2), o mais rápido e o melhor resultado do ano.

Nas eliminatórias dos 1.500 m, previstas para a noite deste sábado, Thiago André não pôde participar. Ele teve de abrir mão da competição por causa de um processo de tendinopatia em fase inflamatória aguda. Ele está sentindo dores no Tendão de Aquiles esquerdo, perto da inserção no calcâneo, foi avaliado pelo médico André Guerreiro e após um teste com o treinador Ricardo D’Angelo, as áreas médica e técnica, em conjunto, decidiram pela não participação do atleta na competição.

Informações sobre o Mundial estão disponíveis no site do evento: CLIQUE AQUI

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Assessoria de Comunicação: Heleni Felippe - helenifelippe@cbat.org.br - (11) 99114-1893 e (11) 99142-2951; João Pedro Nunes - joaonunes@cbat.org.br - (11) 99158-8337 e Maiara Dias Batista - maiara@cbat.org.br - (11) 99127-2369.


Posts relacionados

Atletismo, por Sportclick News

De volta ao Brasil, Alison dos Santos foca nas últimas provas da temporada

Ouro dos 400 m com barreiras do Mundial do Oregon (USA) Unidos, o brasileiro, bronze em Tóquio-2021, passa alguns dias em sua cidade São Joaquim da Barra, em São Paulo, com metas: o título da Liga Diamante e o recorde brasileiro dos 400 m rasos

Atletismo, por Sportclick News

Letícia recebe sua medalha em Eugene

A saltadora - que precisou de apenas dois saltos para conquistar o bronze, com 6,89 m - foi ao pódio já na madruga desta segunda-feira (25/7) de Brasília, após a conquista surpreendente no Mundial do Oregon

Atletismo, por Sportclick News

World Athletics revela percursos da maratona e marcha

Maratonistas correrão quatro voltas em circuito de 10 Km, com largada e chegada na Praça dos Heróis, uma das partes de Budapeste (HUN) considerada Patrimônio Mundial da UNESCO; marcha atlética terá circuitos de 1 km (20 km) e 2 Km (35 km) também a partir da histórica Praça dos Heróis

Atletismo, por Sportclick News

Liderado por Alison dos Santos, Brasil vai ao Mundial de Atletismo com boas chances

Além de Piu, Darlan Romani e Thiago Braz possuem boas chances de medalhas; Brasil pode igualar melhor campanha no Mundial de Atletismo.

Atletismo, por Sportclick News

Viviane Lyra terminou em 8º lugar nos 35 km da marcha com recorde brasileiro

A carioca fez a prova em 2:45:03 melhorando a marca nacional em circuito de 1 km montado em frente ao Estádio Autzen da Universidade do Oregon no Mundial do Oregon

Atletismo, por cbat

Troféu Norte-Nordeste Sub-18 será disputado neste fim de semana

A competição ocorrerá neste sábado e domingo na pista da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal, com a participação de 268 atletas de 12 federações estaduais das duas regiões do País, com expectativa de bons resultados