Por: Sportclick News em Atletismo • 19/07/2022


Vitória Rosa (Carol Coelho/CBAt)

A carioca Vitória Rosa passou para as semifinais desta terça-feira (19/7) dos 200 m ao ficar em terceiro lugar na terceira série eliminatória, com 20.84 (1.1) do Campeonato Mundial do Oregon, nos Estados Unidos, no Estádio Hayward Field, na cidade de Eugene. A atleta ficou aliviada após não ter ido bem nos 100 m.

“Tentei o melhor nos 200 m, prova em que me sinto mais a vontade do que nos 100m”, lembrou Vitória. “Eu sai daqui decepcionada após os 100 m, acho estava nítido na minha expressão. Os 100 m é amor, mas eu tenho mais conexão com os 200 m, eu fico muito tranquila. Eu sei o quanto batalhei para estar aqui. Eu acredito que pode vir um tempo melhor na semifinal. O primeiro degrau já subi e se Deus me permitir vou dar mais um passo. Estou trabalhando com essa possibilidade.”

Lorraine Martins e Ana Carolina Azevedo não passaram para as semifinais da prova. Lorraine ficou em oitavo lugar na segunda série, com 23.60 (-0.2), 41º no geral, enquanto Ana terminou em sexto na série 4, com 23.45 (0.4), 34º, na final.

No masculino, Lucas Vilar e Lucas Rodrigues da Silva não avançaram para as semifinais. Lucas Vilar terminou em sexto na primeira série com 20.65 (1.0) e em 31º no geral, enquanto Lucas Rodrigues obteve 20.90 (0.3), foi oitavo na série e 41º no geral.

“A gente vem trabalhando para essa competição há um bom tempo, acreditamos que daria para correr mais abaixo, mas agradeço a Deus pela oportunidade, por estar saudável e entre os melhores do mundo e esta marca para mim está ótima”, comentou Lucas Vilar, bronze nos 200 m nos Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires, em 2018.

Já Lucas Rodrigues disse estar surpreso. “Eu sempre estive tranquilo, o nervosismo não tomou conta de mim, estava bem aquecido, mas não sei o que aconteceu. Agora é ver o que vai acontecer mais para frente”, comentou o carioca.

No lançamento do disco, Andressa Morais, no grupo A, Fernanda Martins e Izabela Rodrigues não passaram para a final. Andressa, recordista sul-americana, lançou 58,11 m. “Eu não me senti mal, mas o resultado não saiu como eu esperava. Mas agora é focar no próximo ciclo, em chegar bem no próximo Mundial, Pan e Jogos Olímpicos.”

Já Izabela Rodrigues, finalista em Tóquio-2021, não avançou. “Esse ano ainda tem Jogos Sul-Americanos. Vou continuar batalhando, trabalhar em cima do que estou fazendo. Não foi dessa vez, mas quem sabe seja no ano que vem”, comentou.

Nesta terça-feira (19/7), todas as atenções brasileiras estarão voltadas para Alison dos Santos, o Piu, que disputa a grande final dos 400 m com barreiras, como um dos favoritos ao pódio no Mundial. A final está marcada para as 23:50 no horário de Brasília, no Estádio Hayward Field, com transmissão do SporTV.

Medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o paulista de São Joaquim da Barra lutará por um lugar no pódio, contra o norueguês Karsten Warholm e o norte-americano Rai Benjamin, ouro e prata no Japão. Alison está invicto na temporada na prova, venceu na preliminar e nas semifinais e entra bem na final.

“O objetivo pela programação estabelecida é obter o melhor resultado do ano e lutar por um lugar no pódio”, disse Alison, que tem 46.80, marca líder do Ranking Mundial de 2022, obtida no dia 30 de junho, na etapa de Estocolmo da Liga Mundial, Alison fez outra grande prova.

Informações sobre o Mundial estão disponíveis no site do evento: CLIQUE AQUI

A Prevent Senior NewOn é patrocinadora do atletismo brasileiro oferecendo medicina esportiva de precisão e estilo de vida para os que se ligam no esporte e apoio às competições.

As Loterias Caixa são a patrocinadora máster do atletismo brasileiro.

Assessoria de Comunicação: Heleni Felippe - helenifelippe@cbat.org.br - (11) 99114-1893 e (11) 99142-2951; João Pedro Nunes - joaonunes@cbat.org.br - (11) 99158-8337 e Maiara Dias Batista - maiara@cbat.org.br - (11) 99127-2369.


Posts relacionados

Atletismo, por Sportclick News

Velocistas brasileiros voltam as atenções agora para o revezamento 4x100 m

Rodrigo do Nascimento e Erik Cardoso ficaram nas semifinais dos 100 m na noite deste sábado, 17/7 (horário de Brasília), no Campeonato Mundial de Atletismo do Oregon, que teve seu segundo dia de disputas no Estádio Hayward Field, em Eugene; Fred Kerley (EUA) é o atleta mais rápido do mundo (9.86)

Atletismo, por Sportclick News

Daniel do Nascimento termina maratona entre top ten do mundo no Oregon

O corredor paulista completou os 42,195 km em um circuito de 14 km entre Eugene e Springfield, no Estado do Oregon, em 2:07:35; etíopes dominaram a prova em que José Marcio Leão terminou em 27º lugar (2:11:43) e Paulo Paula em 37º ( 2:13:40)

Atletismo, por Sportclick News

World Athletics anuncia mudanças no formato de competição para Paris-2024

A entidade divulgou ainda decisões de seu Conselho sobre os prazos de qualificação para o Mundial de Budapeste-2023 e os índices que serão exigidos nas provas dos 10.000 m, decatlo, heptatlo e marcha atlética de 20 km e 35 km

Atletismo, por Sportclick News

De volta ao Brasil, Alison dos Santos foca nas últimas provas da temporada

Ouro dos 400 m com barreiras do Mundial do Oregon (USA) Unidos, o brasileiro, bronze em Tóquio-2021, passa alguns dias em sua cidade São Joaquim da Barra, em São Paulo, com metas: o título da Liga Diamante e o recorde brasileiro dos 400 m rasos

Atletismo, por Sportclick News

Alison brilha e conquista o ouro nos 400 m com barreiras

Numa temporada excepcional, o brasileiro venceu a prova do Mundial do Oregon, com o excelente tempo de 46.29, novo recorde sul-americano e do campeonato e a melhor marca do ano, no Estádio Hayward Field, em Eugene; foi o segundo ouro e a 14ª medalha do Brasil na história da competição

Atletismo, por Sportclick News

Viviane Lyra terminou em 8º lugar nos 35 km da marcha com recorde brasileiro

A carioca fez a prova em 2:45:03 melhorando a marca nacional em circuito de 1 km montado em frente ao Estádio Autzen da Universidade do Oregon no Mundial do Oregon